Serviços . Benefícios da Cidadania Italiana

Benefícios da Cidadania Italiana

Confira os Benefícios em obter a Cidadania Italiana.

São muitas as vantagens da cidadania italiana, como a livre circulação dentro da União Europeia, viagem aos EUA sem visto, estudos com valores reduzidos, e possibilidade de socorro em um país terceiro através de alguma representação consular italiana ou de outro Estado da União Europeia por força das relações diplomáticas do bloco europeu.

A documentação e burocracias dispensadas a brasileiros não é nada simples. Isso se deve tanto à falta de prestígio do Brasil no cenário internacional, bem como ao grande número de brasileiros que se tornam ilegais nos países nos quais tiveram entrada facilitada, especialmente nos EUA, Reino Unido e Japão.

Já o cidadão italiano goza de grande prestígio atualmente ao redor do mundo, tendo em vista que, apesar da crise, a Itália ainda ser um país de primeiro mundo, pelo fato de que a emigração italiana acabou há muitas décadas (segunda guerra mundial), bem como ser uma das economias mais avançadas do mundo e ser uma das maiores potências dentro da União Europeia. Estes fatos, entre outros, faz do passaporte italiano um dos mais fortes do mundo.

Os direitos dos italianos nascidos em outro país, como o Brasil, são identicos aos nascidos na Itália, não existindo cidadãos de primeira e segunda categoria. Ainda, como a Itália pertence à União Europeia, o cidadão italiano não tem restrições para a locomoção, moradia, trabalho, estudos e negócios entre os países Europeus. Alem disso, o cidadão italiano não sofre restrição quanto à sua permanência em outros países que não sejam europeus, como os Estados Unidos, Canadá e Japão, etc.

Veja algumas vantagens em tópicos:

Principais vantagens:

Ao ser reconhecido cidadão italiano, você poderá residir na Itália e em toda a União Europeia pelo tempo que quiser, e desfrutar plenamente dos mesmos direitos e obrigações dos cidadãos natos ali quanto à moradia, trabalho, estudo, política, lazer, assistência médica, aposentadoria (depois de atendidos os requisitos legais tais como trabalho registrado, pagamento de contribuições, tempo de serviço).

Você será europeu e terá os mesmos direitos que qualquer europeu tem para votar, comprar casa, auxílio-desemprego, contas bancárias, negócios, mercados e muito mais além de não precisarem de visto de entrada e saída dos países da comunidade.

Você simplesmente terá todos os direitos que um cidadão italiano, pois, você com a cidadania, também é um italiano. Além disso, a sua cidadania também poderá ser transmitida aos seus descendentes.

Trabalho:

Ser um cidadão com dupla nacionalidade traz diversos benefícios e facilidades, como a garantia de emprego legal sem a necessidade de trâmites burocráticos em todos os estados membros da União Europeia.

No mercado de trabalho, a dupla cidadania pode ser um diferencial no currículo, pois a pessoa com experiência em viagens e em assuntos internacionais transmite conhecimento e cultura.

Acomodações, locomoção e residência:

De acordo com a Lei Europeia, as fronteiras dos países pertencentes à comunidade deixaram de existir virtualmente. Isto significa que como cidadão italiano, é lhe conferido o direito a residir em qualquer um dos outros 27 países da União Europeia sem a necessidade de vistos e sem limite de permanência.

A dupla cidadania facilita a vida e a locomoção dos viajantes na entrada e saída dos países que integram a União Europeia.

A rapidez no check-in alfandegário é certo. Ao chegar a qualquer um de seus aeroportos, cidadãos com o passaporte italiano à mão ingressam em uma fila diferenciada, por onde passam sem delongas e livres de interrogatórios.

Estrangeiros são obrigados a responder a diversas perguntas sobre duração e motivo da viagem, além de muitas vezes ter que passar por constrangimentos e ter que demonstrar renda suficiente para permanência.

Estudos:

A cidadania italiana é muito almejada por jovens que planejam estudar na Europa. Integrantes da União Europeia têm acesso facilitado a universidades, que através de descontos podem custar até três vezes menos para cidadãos europeus.

Os estudantes podem, ainda, usufruir das bolsas de estudo oferecidas aos cidadãos italianos pelo Estado Italiano, por outros Estados ou por Organizações internacionais, Fundações, etc.

Visita aos EUA:

Os Estados Unidos da América, que mantêm estreitas relações com a União Europeia, não exigem o visto de entrada no país dos detentores do passaporte da Comunidade Europeia .

Na alfândega americana, os visitantes são divididos em americanos, europeus, e “outros”. Portanto, viajantes portadores de passaporte Italiano não precisam de visto para entrar nos EUA para viagens a turismo ou negócios com permanência de até 90 dias, pois a Itália faz parte do Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto) que é um programa do governo americano que permite a portadores de passaporte de 34 países ingressar nos Estados Unidos com mais facilidade e sobre o qual já escrevemos os detalhes, conforme você poder verificar no nosso artigo.

Entretanto, viajar para os Estados Unidos (destino preferido dos brasileiros) sem a necessidade de tirar qualquer tipo de visto tem sido responsável por um aumento no número de pedidos para obtenção de dupla cidadania por descendentes italianos residentes no Brasil.

Além dos EUA, quem possui a cidadania europeia pode viajar para algumas nações que não fazem parte da comunidade, como Japão, Canadá, dentre outros, sem precisar de vistos.